Câmara de Vereadores de Palotina recebe membros do Observatório Social

Na manhã desta sexta-feira (07/05/2021) membros do Observatório Social do Brasil de Palotina (OSB) estiveram em reunião com vereadores. O objetivo foi explanar sobre os trabalhos desenvolvidos pela organização no município bem como apresentar aos vereadores a maioria dos seus membros.

O diretor do Observatório, Mário Locatelli, explicou as atividades realizadas e reforçou aos vereadores que o OSB pretende atuar de forma conjunta buscando a transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos. Ele acrescentou que o Observatório é formado por pessoas voluntárias que não são vinculadas a partidos políticos. 

O presidente da Câmara, Eurico Fernandes Barbosa, salientou que a mútua colaboração beneficia toda a comunidade. Eurico parabenizou a iniciativa dos membros em mostrar sobre o trabalho e buscar apoio para suas atividades. Também participaram do encontro os vereadores Thiago Mostachio, Sergey Sendtko, Rodrigo Ribeiro, Rosangelo Maltauro, Márcia Berno Cecluski e Joarez Ribeiro de Campo. O encontro também foi acompanhado pelo analista legislativo, Adair Verdeiro.

Observatório Social – É um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

Cada Observatório Social é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São empresários, profissionais, professores, estudantes, funcionários públicos (exceto os que integrem a esfera de atuação do observatório específico) e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa da justiça social.

Atuando como pessoa jurídica, em forma de associação, um Observatório Social do Brasil prima pelo trabalho técnico, fazendo uso de uma metodologia de monitoramento das compras públicas em nível municipal, desde a publicação do edital de licitação até o acompanhamento da entrega do produto ou serviço, de modo a agir preventivamente no controle social dos gastos públicos.

LEIA MAIS

DESTAQUES