CAMPANHA “FAÇA BONITO”: 18 de maio – Dia Nacional de Combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

Todos os dias devemos trabalhar no combate do abuso da exploração sexual de nossas crianças e adolescentes. Entretanto, o dia 18 de Maio é uma data especial dedicada a este assunto, em que o Conselho Tutelar e toda a sociedade trabalham com o objetivo de sensibilizar, informar e convocar todos a agirem em prol da defesa dos direitos sexuais de nossos pequenos. A campanha “Faça Bonito” nasceu alusiva ao 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Este dia foi escolhido porque em 18 de Maio de 1973, na cidade de Vitória-ES, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

O “maio laranja” é uma iniciativa que visa dar visibilidade a esse assunto e nós temos o sonho de que esta data e este mês estejam na memória de cada brasileiro não somente em 2022, mas todos os anos. A cada hora 3 crianças são abusadas no Brasil, sendo que cerca de 51% tem entre 1 a 5 anos de idade. Todos os anos 500 mil crianças e adolescentes são explorados sexualmente no nosso país e há dados que sugerem que somente 7,5% dos dados cheguem a ser denunciados às autoridades, ou seja, estes números na verdade são muito maiores. Enquanto sociedade, é nosso dever denunciar e estarmos atentos a quaisquer sinais que podem identificar violência contra crianças e adolescentes. O silêncio só agrava a situação e impede que a criança ou adolescente saia dessa situação de violência. Então, denunciem qualquer violação dos direitos humanos.

Chega de violência sexual contra as crianças do nosso país. Só unindo governos, família, comunidade, Sistema de Garantia de Direitos é que poderemos enfrentar este mal que assola a nossa sociedade. Por final, perguntamos: Como podemos fazer para o 18 de Maio ser maior que um dia, maior que um mês? Como podemos além da data destacar as graves violações de direitos de crianças e adolescentes e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes? É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual. E nós estamos dispostos a debater e conversar sobre isso. Esperamos que você também esteja!

AUTORIA DO TEXTO: Ivo Andrade – Conselheiro Tutelar

DENUNCIEM qualquer tipo de violência:

Disque 100

Disque 181

190 – Policia Militar

3649-5958 – Policia Civil

9-9948-4931 – Conselho Tutelar

LEIA MAIS

DESTAQUES