Dados da Fiocruz indicam a circulação de 92 cepas do coronavírus no Brasil

Ao mesmo tempo em que tenta conter o avanço da Covid-19, o Brasil enfrenta um cenário com a presença de 92 cepas do coronavírus em circulação no território nacional desde o início da pandemia.

Entre elas, estão duas variantes de preocupação da Organização Mundial de Saúde (OMS): a amazônica, conhecida como P1, além da surgida no Reino Unido. As duas são associadas à maior transmissibilidade.

A informação está na plataforma de dados genômicos da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que mostra resultados de exames gerados pela fundação, em processos próprios de sequenciamento, e os realizados por outras instituições. 

A cepa encontrada em São Paulo, que os especialistas entendem que pode ser uma amostra da variante de preocupação da África do Sul, a B.1.351, ainda não foi incluída no sistema.

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES