Dez dias após temporal, Maripá se restabelece e cenário volta a ser de organização e limpeza

Quem passou por Maripá na noite do temporal, ocorrido no último dia 22, vivenciou um cenário de devastação. Árvores e galhos bloqueavam quase todas as ruas da cidade, cobertas pelo granizo. Hoje, dia 02/05/2022, dez dias após o vendaval, o panorama já é quase aquele com que os moradores e visitantes estavam acostumados, de organização e limpeza.

A rápida mudança no cenário se deve à agilidade na resposta ao desastre e à união da comunidade. Na mesma noite do temporal, equipes do Município foram mobilizadas e servidores foram para as ruas com maquinários a fim de liberar as vias e permitir o tráfego de veículos na cidade.

De acordo com o secretário de Viação, Obras e Serviços Públicos, Adilson Gonçalves da Cruz (Chicão), coordenador da Defesa Civil no município, o trabalho deve continuar pelas próximas duas semanas. “No primeiro momento, o objetivo foi de atender as famílias da cidade e do interior que tiveram suas casas afetadas e, paralelamente, iniciamos a desobstrução das ruas que tinham muitas árvores e galhos caídos, principalmente as que estavam sob a rede de energia”, explica.

Desde então, diversas equipes formadas por servidores públicos e voluntários seguem trabalhando na recolha de galhos e limpeza das ruas.

Uma corrente de solidariedade se formou logo no primeiro momento após o desastre. Vizinhos, familiares, empresários, poder público e voluntários de outras cidades se uniram para ajudar uns aos outros. “Além do trabalho dos servidores, que não mediram esforços durante todos estes dias, tivemos também a importante ajuda de voluntários da cidade e de toda a região, que se solidarizaram com a situação e nos deram apoio naquele momento e somos muito gratos por todo suporte que recebemos”, destaca o prefeito Rodrigo Schanoski.

Estiveram envolvidos, ainda, a Defesa Civil do Estado do Paraná, equipes do Corpo de Bombeiros da região, servidores dos municípios de Palotina e Nova Santa Rosa, grupo de voluntários de Francisco Alves, o Grupo de Ações Voluntárias – GAV, alunos do Colégio Agrícola Estadual Adroaldo Augusto Colombo de Palotina e voluntários de todos os municípios vizinhos.

A Copel restabeleceu por completo a energia na última sexta-feira, dia 29/05/2022, na cidade e no interior. O relatório final da Companhia Paranaense de Energia registrou a substituição de 96 postes quebrados, três transformadores na área urbana e 700 metros de cabos de energia.

Equipes de todo o estado foram mobilizadas para atuar no restabelecimento da energia. Durante os seis dias que sucederam o temporal, uma média de 46 eletricistas estiveram diariamente na cidade. A Copel criou, ainda, um ponto de atendimento emergencial, com horário estendido, na Prefeitura Municipal entre 25 e 29 de abril para atender aos consumidores.

LEIA MAIS

DESTAQUES