Foco da campanha é no respeito e responsabilidade de cada um no trânsito

Não fazer para o outro aquilo que você não gostaria que fizesse a você. É com base nesse conceito de empatia que a “Campanha Maio Amarelo 2021” aborda o respeito e a responsabilidade de cada cidadão para um trânsito mais seguro. Depois de dez anos de mobilização mundial e em sua oitava edição no Brasil, as ações de educação no trânsito já têm impactos positivos nas estatísticas. Em 2019, último dado disponibilizado pelo Ministério da Saúde, foi registrado o menor índice de mortes no trânsito no país desde 2001. Ainda assim, 31.945 pessoas perderam a vida em decorrência de acidentes. No Paraná, os números também seguem a mesma tendência de queda, mas podem ser reduzidos ainda mais.

De acordo com o Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito do Ministério da Infraestrutura, o Paraná registrou uma queda de aproximadamente 34% no número de acidentes, com 59.897 registros em 2020 contra 91.091 ocorrências em 2019. O número de vítimas não fatais caiu 37%, de 137.321 em 2019 para 86.280 no ano passado. Já o registro de mortes caiu 9,1%, de 688 em 2019 para 625 em 2020.

LEIA MAIS

DESTAQUES