Informações sobre gastos com lanches da Prefeitura de Palotina postadas nas redes sociais não exprime a verdade

O secretaria de Administração de Palotina, o advogado Lucas Pedron, comentou uma informação que está sendo repassada nas redes sociais sobre gastos exorbitantes do município com lanches. “Essa informação é fake news”.

De acordo com o secretário, o município realizou um registro de preço com a intenção de adquirir vários gêneros alimentício para atender todos os setores da administração, durante o ano todo, como por exemplo, Hospital Municipal, Casa Abrigo, Lar de Fraternidade, Clubes de Mães, Clubes do Vovó, cursos de formação, entre outras ações realizadas pela administração municipal.

Os boatos que circulam nas redes sociais dão conta de que o município havia gastado mais de R$ 500 mil na compra de lanches e cafézinhos.

Segundo Lucas, “nos anos anteriores também foi realizado um registro de preço semelhante a esse, mas nunca foi gasto o total do valor, e no ano passado, por exemplo, houve um registro de preço de R$ 335 mil, mas o município consumiu somente R$ 65 mil”.

Lucas explica que os produtos não são para alimentação dos servidores, não se trata de mau uso do dinheiro público.

O secretário disse que a equipe da Secretaria Municipal de Administração, junto com a Assessoria Jurídica da prefeitura, está levando todas as informações sobre quem são os responsáveis pela produção e divulgação do fake news para tomar as medidas judiciais cabíveis. “Produzir e divulgar fake news é crime”, ressalta Lucas.

LEIA MAIS

DESTAQUES