Paraná terá 15 novas praças de pedágio e redução de tarifas

A bancada federal paranaense se reuniu há poucos dias com o Ministério da Infraestrutura (MInfra) e recebeu um novo estudo para as concessões de rodovias do chamado Anel de Integração do Paraná. Os contratos atuais com as concessionárias vencem em novembro deste ano.

Durante o encontro, a pasta apresentou uma nova proposta de tarifas máximas para as praças de pedágio previstas no edital de concessão. A redução nos preços praticados atualmente chegaria a 65%, mas pode ser ainda maior.

De acordo com Sérgio Souza, no trecho entre Curitiba e o Litoral do Paraná, por exemplo, que possui um dos pedágios mais caros do estado, o valor cobrado atualmente pode ter redução de até 50%.

No entanto, para trechos mais longos, a redução não deve chegar a tanto para os usuários, pois, o modelo de concessão prevê a construção de mais 15 praças de pedágio, além das 27 existentes. Mesmo assim, um deslocamento de Paranaguá até Foz do Iguaçu, por exemplo, que hoje tem custo de pedágio de R$ 143,30, teria redução de 32%, passando a custar R$ 97,1.

O novo edital de concessão de rodovias paranaenses é dividido em seis lotes e prevê a licitação de 3.327 quilômetros. De acordo com o governo federal, em 97% das rodovias será feita a duplicação das pistas.

O estado do Paraná, que atualmente possui 27 praças de pedágio, passará a totalizar 42 em breve, após o leilão das concessões que irá ocorrer ainda este ano. A adição de 15 novas praças está prevista no estudo feito pela Empresa de Planejamento e Logística S.A (EPL) e discutido juntamente com o Ministério da Infraestrutura, ao qual a reportagem do jornal Diário dos Campos e portal dcmais teve acesso.

O estudo prevê que todas as praças de pedágio estejam em operação no ano 2 do novo contrato, que deve ser concretizado no final de 2021, já que em novembro vencem os contratos vigentes – portanto, entre 2022 e 2023.

Proximidades das novas praças – Sengés (PR-151); Siqueira Campos (BR-272); Jacarezinho/Ourinhos (BR-153); Califórnia (BR-376); Norte de Tamarana (PR-445); Jussara (PR-323); Tapejara (PR-323); Perobal/Cafezal do Sul (PR-323); Guaíra/Terra Roxa (BR-272); Guaíra/Mercedes (BR 163); Toledo/Cascavel (BR-467); Capitão Leônidas Marques (BR-163); Ampere (PR-182); Renascença (BR 280); Guairaçá (BR-376).

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES