Setor Palotina da UFPR realiza primeira defesa de doutorado

O Setor Palotina da UFPR, mesmo neste período de pandemia, continua fazendo história. No último dia 30 de outubro às 14 horas teve início a primeira defesa de tese de um programa de pós-graduação deste setor. O programa de Pós-Graduação (PPG) Multicêntrico em Bioquímica e Biologia Molecular foi o primeiro a trazer um curso de doutorado do Setor em 2014. Após quatro horas de apresentação da tese e arguição pelas professoras Dra Adriana Hemerly, (UFRJ – Rio de Janeiro), Dra Marina Kadowaki, (UNIOESTE – Cascavel), Dra. Kadima Teixeira (UFPR – Toledo) e pelo professor Dr. Fábio Rosado (UFPR – Palotina), a estudante Adeline Neiverth Chagas, natural de Toledo, moradora de Palotina e técnica do Setor Palotina, foi aprovada. Assim se tornando a primeira Doutora formada pelo Setor Palotina da UFPR e Doutora em Bioquímica e Biologia Molecular.

A orientadora, Profa. Dra. Marise Fonseca dos Santos, foi a responsável por trazer esse programa de Pós-Graduação que funciona em rede por todo o Brasil e é constituído pela Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular (SBBq). A tese defendida teve o título “Cultivo de trigo (Triticum aestivum var. Lini) in vitro na ausência de nitrogênio e presença de herbaspirillum seropedicae: uma abordagem proteômica. A parte experimental foi desenvolvida no Laboratório de Bioquímica e Genética (LABIOGEN) do bloco multidisciplinar do Setor Palotina, no laboratório da Profa. Dra. Silvia Graciele Hulse de Souza, PPG em Biotecnologia Aplicada à Agricultura da UNIPAR, em Umuarama e da Profa. Dra. Russolina Zingali da Unidade de Espectrometria de Massas e Proteômica da UFRJ. Mais informações podem ser obtidas em [email protected] ou pelo site http://www.prppg.ufpr.br/site/pmbqbm/pb/.

LEIA MAIS

DESTAQUES