Vereador de Maripá que manifestou discurso de ódio e homofobia em relação ao ator Paulo Gustavo é denunciado pelo MPPR

O Ministério Público do Paraná, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Palotina, ofereceu denúncia criminal contra o vereador Donaldo Seling, de Maripá, município integrante da comarca. O agente político teria se manifestado com discurso de ódio e homofobia em relação ao ator Paulo Gustavo, falecido em decorrência da Covid-19 no dia 4 de maio deste ano. A denúncia foi oferecida na sexta-feira da semana passada, dia 9 de julho, e tramita na Vara Criminal de Palotina.

O ato, sustenta a Promotoria de Justiça na denúncia, caracteriza “conduta homofóbica e/ou transfóbica, que envolve aversão odiosa à orientação sexual ou à identidade de gênero”. Ele foi denunciado pelo crime de racismo, previsto no artigo 20, parágrafo 2º, da Lei 7.716/1989 , com pena prevista de dois a cinco anos de reclusão e multa.

LEIA MAIS

DESTAQUES