Dois escritores palotinenses foram contemplados no Prêmio Outras Palavras de literatura do Paraná

Dois escritores palotinenses estão entre os vencedores do Prêmio Outras Palavras, concurso literário promovido pela Secretaria Estadual de Comunicação Social e Cultura (SECC). Um deles é Leomir Bruch, premiado na categoria “Coletânea de poesia”; e o outro é Lucas André Berno Kölln, contemplado na categoria “Romance”.

O Prêmio Outras Palavras foi uma das materializações da Lei Federal Aldir Blanc (Lei n. 14.017/2020) no estado, e contou com a participação de centenas de escritores em diversas categorias. As etapas da premiação se constituíam de uma análise técnica e habilitação e uma análise de mérito, para a qual se formou uma banca de 5 pareceristas anônimos. As notas obtidas nessa segunda etapa foram transformadas em uma média, que serviu para eleger os vencedores.

Leomir Bruch, selecionado com o livro de poesias intitulado terragentebicha, formado em Letras Português/Espanhol pela Unioeste e pós-graduando em Narração Artística (Casa Tombada/SP), é contador de histórias, mediador de leitura e encadernador artesanal pelo projeto Expedição Viramundo (@expedicaoviramundo). Seu livro, escrito a partir do zine chama, autopublicação independente lançada em janeiro de 2019, é um manifesto poético, dividido em três partes que compõem o título da obra, um agrupamento de reivindicações, de lugares, de amores, corpos e vozes, uma celebração às vidas LGBTQIA+.
Lucas Kölln é doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo (USP) e professor na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). O romance premiado tem como título Indulgência, e conta a história de dois antigos seminaristas que se encontram no velório de um amigo em comum, evento que desencadeia uma procissão de memórias sobre a amizade, a morte e a culpa.

Integrado aos esforços de manutenção da cultura durante a pandemia, o Prêmio Outras Palavras cria condições para a divulgação e projeção de escritores paranaenses em escopo regional, estadual e nacional. Além de premiação em dinheiro, os vencedores terão suas obras publicadas em formato impresso e distribuídas no sistema de bibliotecas públicas do estado, o que concorre tanto para o fomento às práticas de leitura quanto de incentivo à arte e à cultura, seja por meio da distribuição de livros, seja valorização de talentos do estado.

A SECC ainda não divulgou quando serão publicadas as obras premiadas.

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES