Dia da Água: Porquê reciclar eletrônicos também é uma forma de preservar a água

A campanha para coleta dos Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos (REEE), realizada no dia 19 de março em Maripá, coletou 4 toneladas de lixo eletrônico. Esta foi uma das ações realizadas em prol ao Dia Mundial da Água celebrado no último dia 22, que busca incentivar a população a fazer o descarte correto destes materiais. Mas qual a relação entre a reciclagem dos eletrônicos e a preservação da água?

Os eletrônicos possuem em sua composição metais pesados altamente tóxicos, como alumínio, chumbo, cobre, ferro, mercúrio e diversas outras substâncias químicas. Se descartados de forma incorreta despois que perdem sua função, estes equipamentos liberam no meio ambiente resíduos tóxicos, que podem contaminar o solo e o lençol freático, colocando em risco a qualidade da água e a saúde pública. Por isso a importância de fazer o descarte correto destes materiais.

A próxima coleta está programada para o dia 19 de novembro. A ação faz parte do programa Recicla Maripá e integra o programa Maripá Sustentável por meio do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 11 que trata, entre outras finalidades, de tornar as cidades e comunidades mais sustentáveis reduzindo o impacto ambiental negativo por meio da gestão de resíduos. A organização é do Coletivo Educador Municipal com apoio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e de Educação, Cultura e Desporto.

LEIA MAIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DESTAQUES